19 de setembro de 2010

Sobre o que me move - (Versão II)

Não sei se é por amor
ou pela dor
se foi a flor
ou a pedra no
meio
do caminho

Não sei se foi você
ou o destino
se é por obrigação
medo, desejo
ou pelo hobbie de mudar a direção

Não sei se foi o rumo
que dei
ou o que desarrumei

Não sei se fui eu 
ou a estrada
que se inverteu

Mas

Todo dia
me movo
no sentido contrário de mim

Um comentário:

  1. publica um livro.
    me da uma cópia autografada.

    ResponderExcluir