10 de janeiro de 2011

A noite virou dia

A noite virou dia
mas ainda tenho sono.
Li romance,
conto
e poesia
escrevi
ouvi música
assisti filme
comi e bebi
mas ainda tenho fome.
O dia  virou noite
mas ainda é quente.
O dia já quase finda
e eu não fiz nada.

Um comentário:

  1. sei destes dias e noites assim... bom ter a poesia como companhia. abraço!

    ResponderExcluir